segunda-feira, 15 de março de 2010

João Peixe na "Sabado"

Para quem não soube ou não leu, tem aqui a grande entrevista que o meu conterrâneo e amigo João Peixe deu à revista “Sabado”.

Só quem tem grande paixão pelo jogo pode, depois da grande carreira que lhe vaticinavam, ter a inspiração e força de vontade para ainda assim conseguir um percurso sem igual.

Hoje com 34 anos, fala do sonho de qualquer jogador, e que ele viveu de bem perto, com serenidade e grande lucidez.

Só mais uma pergunta João: qual o clube que ainda faz esse coração bater mais forte?

3 comentários:

João Peixe disse...

Obrigado Salvador, por teres publicado a reportagem, és daqueles verdadeiros amigos, que independentemente do clube que represento se preocupa em saber se joguei, se marquei, se falhei, se ganhei, se perdi...ao contrário de alguns, que só me davam palmadinhas nas costas quando jogava no Benfica e na Selecção (enfia a carapuça quem quiser)felizmente como tu existem mais amigos, e eles sabem a quem me refiro.A eles e a ti um obrigado e um grande abraço.

P.S.-Respondendo à tua pergunta , o clube que faz o meu coração bater mais forte é o Benfica pois foram 8 anos de ligação e sinto um carinho especial para com "Os Nazarenos" pois foi onde tudo começou.

Anónimo disse...

Realmente, o joao merecia outro tratamento por parte das autoridades nazarenas, tantas galas do guilhim se fizeram nesta terra e nunca se lembraram do rapaz, um nazareno campeao europeu, tanto desconhecimento é imcompetencia, parabens joão.

Eduardo disse...

O João sempre foi um atleta de eleição. Não teve a sorte que alguns, até com menos atributos técnicos tiveram, mas conseguiu o que muitos não conseguiram. Mas há algumas coisas que ninguém lhe pode apontar: dedicação, profissionalismo e humildade. Pra ele os votos de muiras felicidades e claro, obrigado por sermos amigos há tantos anos.
Eduardo Hespanhol