terça-feira, 30 de novembro de 2010

A vergonha das vergonhas

Riam-se, que isto tá bom é pra vocês!
Imaginem-se numa bela tarde de praia. Estamos em pleno mês de Agosto um sol abrasador, só nos sentimos bem à beira mar.

Uma praia repleta de banhistas alegres e bem dispostos.

De repente surgem algumas nuvens negras no céu, um vento frio e desconfortável e percebe-se que vai chover intensamente.

Podemos ver os "palecos" a fugir da praia que nem loucos!

É assim que vejo as grandes empresas deste país, as mesmas que apresentam lucros bilionários a antecipar o pagamento de dividendos a accionistas.

Algumas destas empresas são detentoras de autênticos monopólios em Portugal.

Que as empresas o façam, eu ainda posso tentar perceber. Estão vocacionadas para o lucro, para agradar aos seus accionistas e aos "sensíveis" mercados. Agora que o Governo e Parlamento fechem os olhos?!

O aumento do I.V.A. e o corte numa série de prestações sociais a meio do ano não lhes custou nada a promover.

É mais um episódio de descrédito para a politica do nosso país.

sábado, 20 de novembro de 2010

"Overhaulin" no Ascensor da Nazaré

- em todo o lado se restaura, aqui descaracteriza-se -
Jornalistas da DdF infiltrados na Multinacional SMN, apuraram que o atraso nas obras de manutenção do ascensor da Nazaré se deve à intervenção do famoso designer de automóveis, Chip Foose.

A exibição do programa está prevista para o canal televisivo "Infinito", que se dedica a temáticas associadas a factos inexplicáveis,criminologia, realidades alternativas, esoterismo e espiritualidade, abordadas através de uma perspectiva inovadora.

Este veiculo era visto até há bem pouco tempo como o Ex libris da Nazaré!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

A Saga do Contentor - O Regresso

Está já em funcionamento a nova gare da Rodoviária Nacional na Nazaré.


A DdF foi ao local para averiguar in loco como estava a decorrer a mudança.


DdF - Boa tarde, o senhor pode nos dizer como estão os utentes da rodoviária a lidar com esta alteração de local e de "instalações".

Contentor - Boa tarde. Não me está a reconhecer pois não?! Sou o Contentor que trabalhava aqui ao lado nas "obras" do teleférico.

DdF - Hum, nem o reconheci, está muito diferente!

Contentor - Pois, primeiro quero lhe agradecer ter dado destaque à minha situação, acredito que só me chamaram de novo para me calarem. Depois tive de fazer uma "reciclagem profissional" porque a minha formação era na área da construção.

DdF - E qual é a sua função agora?

Contentor - Durante o dia é vender bilhetes e afugentar as Chambristas, à noite é tomar conta da Biblioteca, ao que parece, há ai uma organização política que a quer invadir! O "Big Boss" tem uma adoração por este edifício, é como se fosse a casa dele.

DdF - E com as "Chambristas" como está a decorrer?

Contentor - Está a decorrer bem, as coisas não são bem como as pessoas dizem,  já me disseram que se tudo correr bem no fim do verão dão-me uma gorjetazinha.

A DdF conclui que as coisas começam a mudar... para pior.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Libertem o "Pai Natal"

A DdF apoia a libertação imediata do "Pai Natal", para que todos os "meninos" e "meninas" que mandam neste país não fiquem sem presentes este ano.

"Godinho gastou mais de um milhão em presentes. Veja aqui a lista."
por Augusto Freitas de Sousa , Publicado em 12 de Novembro de 2010 - ionline.com

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

CAPMAR = apoio social?


Eu já não sei quem é que está a precisar de apoio?!

O CAPMAR é um gabinete de apoio social ao pescador?

Pensava que este gabinete servia para apoiar uma actividade económica de relevo no nosso concelho!?

Quando o futuro do país também passa pelo hypercluster da economia do mar, ainda existem governantes que vêem no pescador, apenas alguém necessitado de apoio social, ao invés do importante papel que este pode desempenhar ao nível do desenvolvimento económico local e nacional.

A formação da nossa cultura e identidade está directamente relacionada com o mar. É necessário potenciar esta relação, para que não se perca mais uma vez o "barco" do desenvolvimento.

Lamentável!!

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Internacionalização dos "carapaus secos".

A "Nazaré Qualifica" está apostada na internacionalização dos "carapaus secos", um produto característico  da Nazaré.

Depois de ter analisado um estudo, encomendado a uma conceituada Universidade, resolveu colocá-lo na gaveta e no habitual "brainstorming semanal" foi encontrada a melhor forma de levar por diante tamanho desafio.

"As vendedoras de peixe seco afirmam que é difícil vender o peixe a turistas, devido ao cheiro que o peixe emana no transporte de avião ou mesmo de automóvel", começando assim o responsável pela empresa por identificar o principal problema para quem nos visita e quer transportar consigo o delicioso petisco.

O estudo apontava para outra solução, mas tendo em conta a contenção de despesas por parte da autarquia, entenderam que um tampão nasal seria o suficiente.
Na compra de um quarteirão,
não leve com o cheiro não!